Após a criação dos projetos e a gestão de acessos e permissões no VSTS, neste post vamos trabalhar na configuração do repositório de código-fonte e sincronização com o Visual Studio. Assim, já conseguimos trabalhar desde a criação do Work Item na ferramenta até o controle de versão das aplicações.

O primeiro passo é criar um Novo Repositório (new repository) do tipo TFVC ou Git no VSTS. Você pode criar mais de um repositório utilizando as duas opções, caso seu time de desenvolvimento trabalhe com mais de um tipo de versionador.

agile-vsts-repositories

Já no Visual Studio, conecte no repositório criado no VSTS, referenciando o endereço do servidor ao criar uma nova conexão (manage connections).

agile-vs-repository

A partir disso, a solução já estará atualizando o repositório no VSTS (TFVC ou Git) a cada Check In. É importante ter um bom processo de gerenciamento de código-fonte em seu time.

agile-vs-check-inagile-vsts-code

Veja que os arquivos da solução já estão armazenados em Code > Files no VSTS. Também há o histórico (Code > History) e Changesets para consulta. As guias de Shelvesets e Pull Request Dashboard também estão disponíveis.

agile-vsts-code-files

Escolha a opção Manage repositories para configurar a gestão de acessos (usuários e grupos), conforme a sua necessidade.

agile-vsts-code-security.png

Por fim, outro recurso interessante é trabalhar referenciando Work Items direto no Visual Studio. Veja abaixo que podemos adicionar Work Items na solução e manipular seus status.

agile-vsts-code-wi

Também podemos referenciar o ID do Work Item em Related Work Item ao efetuar o Check In do projeto.

agile-vsts-check-in

E assim, rastrearmos todas as modificações no código (Changesets), e Work Items associados aquela mudança.

agile-vsts-changeset