Objetivo: gestão ágil de projetos em larga escala, utilizando conceitos do SAFe, trabalhando com Release Trains e Program Increment (PI). Também gerenciar as dependências entre os times, com uma boa gestão de configuração e organização do backlog em Epic > Features > Stories.


Utilizando o VSTS
Crie um novo projeto e escolha o work item process desejado. Os três modelos (Agile | Scrum | CMMI) permitem trabalhar com gestão ágil em larga escala.

Em Project Settings, acesse Work > Project Configuration e defina a cadência do projeto. Veja que criamos a agenda da 1ª PI do projeto, inserindo as datas de início e término das Sprints 01 à 04 e a IP (The Innovation and Plannning).

vsts-PI-configuration

Crie os times que irão trabalhar no projeto. Os times serão responsáveis pelo desenvolvimento de novas releases (que serão integradas com outros times) e atualização das atividades no Board. Por isso, configure apropriadamente as permissões de cada grupo de usuários.

vsts-PI-teams

Em seguida, defina o capacity dos recursos alocados no projeto. Isso será importante quando houver a distribuição dos work itens no backlog da Sprint, pois saberemos se já há atividades suficiente para aquela Sprint.

vsts-capacity

Após criar os times e definir a capacidade dos recursos, acesse Work > Boards, e crie as EPICS do seu projeto. Elas devem ser criadas a nível do projeto (e não a nível de Team Project) para que as features de qualquer time de projeto possam vincular.

vsts-epics

Crie então as FEATURES e associe a EPIC que desejar como Parent, conforme a estrutura do teu projeto. Também crie as User Stories e associe como Parent das FEATURES apropriadas.

This slideshow requires JavaScript.

É isso! Nos próximos posts vamos falar sobre os Dashboards de acompanhamento das Sprints e das PIs. Também sobre a gestão de releases e configurações para manter o trem on track.