Quando trabalhamos com desenvolvimento ágil, precisamos utilizar ferramentas que vão nos apoiar durante todo o ciclo de vida da aplicação. Fizemos uma análise das principais ferramentas de mercado para checar a aplicabilidade ao seu ambiente em função dos recursos apresentado.

agile-tools

É bem importante considerar alguns pontos ao escolher a solução para a sua empresa:

  • Conectividade: API e outras formas de conectar na plataforma são importantes, pois o ciclo de vida da aplicação é muito abrangente, e dificilmente uma única plataforma conseguirá nativamente cobrir tudo. Por exemplo, a análise de qualidade do código pode ser feita pelo SonarQube e integrada com o VSTS.
  • Customização: possibilitar a customização de Boards e habilitar times para trabalhar com Kanban, Scrum, SAFe, etc. Desta forma, você consegue criar campos ou tarefas (bugs, test case, etc.) que vão contribuir para a análise da Sprint, por exemplo a sinalização de impedimentos, ou até mesmo a criação de critérios de aceitação.
  • CI/CD: considerar o processo de Continuous Integration Continuous Deployment para garantir o apoio em versionamento do código-fonte, gestão de builds releases, qualidade do código, automação, orquestração e testes unitários .
  • Gerenciamento de times e atividades: capacity, velocidade, backlog, dashboards, iterações, tudo que precisa para ter uma boa visão da Sprint e contar com a inspeção e previsibilidade das entregas.
  • Suporte: como é o suporte e licenciamento da solução? Vale a pena verificar o  Quadrante Mágico do Gartner e também experimentar as versões Trial para utilizar as principais funcionalidades do sistema.