Ao criar seus projetos e times no Azure DevOps, temos outro passo importante que é a gestão de usuários e permissões de quais recursos irão utilizar. Os principais planos de usuários são:

  • Basic: até 5 usuários e dispõe de recursos como criar e editar work items, build, release e outros.
  • Stakeholder: não tem limite de usuários, mas acesso restrito de recursos. Recomendado para usuários que precisam visualizar o backlog do projeto.
  • Visual Studio subscribers: possui recursos adicionais, tais como o Test Manager.

Para visualizar os usuários da conta de sua organização, acesse o Azure DevOps em  Organization Settings e Users. Veja no sumário quantos usuários estão utilizando cada tipo de licença e as extensões de Test Manager e Package Management.

azure-devops-users

Já em Organization Settings > Security do Azure DevOps, podemos criar grupos e habilitar as permissões relacionadas a estes grupos. Os membros do grupo herdam as permissões concedidas ou revogadas.

azure-devops-group

O quadro abaixo exibe as principais permissões que podemos gerenciar no Azure DevOps. As permissões estão relacionadas a estrutura (projetos ou times de projetos) ou as features. Veja que as configurações vão desde repositórios, CI (build/release), aprovações até análise de dados e manipulação de work items.

vsts-permissions
Fonte: Permissions – Azure Devops

O Azure DevOps já atribui permissões padrão aos usuários, como por exemplo de acesso a ferramenta.

E a gestão de acessos – inclusão e revogação de usuários, assim como a gestão dos grupos e permissões de acesso podem ser feitos nas mesmas áreas citadas anteriormente (Organization Settings > Security e Organization Settings > Users).

azure-devops-add

É isso… em breve falaremos sobre a gestão de usuários com Azure Active Directory (Azure AD) e os detalhes de como distribuir os recursos entre usuários e grupos.