Vamos demonstrar em poucos passos como configurar o Build e Release (Azure Pipelines) no Azure DevOps.

azure-devops

Build

1. Definição de tarefas e as etapas do Build.

azure-devops-pipeline-03

2. O versionamento é essencial para o Continuous Integration e a gerência de configuração. O Get Sources é o local das configurações e apontamento para o código-fonte.

azure-devops-pipeline-04

3. A compilação do código-fonte e a análise da cobertura dos testes unitários. O IntelliTest pode apoiar nesta atividade.

 

azure-devops-pipeline-05.png

4. Também há uma etapa para incluir a análise de código. O SonarQube é uma recomendação para analisar bugscode smellsvulnerabilitiesduplications.

azure-devops-pipeline-06.png

Release

5. E o posterior deploy da aplicação, identificando as tarefas, variáveis e opções. Por aqui referencia-se o Build realizado.

azure-devops-pipeline-01.png

6. O processo de aprovações é muito válido para empresas regidas por compliance. Pode ser configurado aprovadores antes do deploy em cada ambiente – desenvolvimento, homologação, QA e produção.

azure-devops-pipeline-02.png