Neste post vamos falar um pouco sobre tamanho de times em implementações de sistemas, utilizando práticas DevOps, e uma comparação dos Perfis I-shaped, T-shaped e E-shaped para ajudar na formação dos times e identificação dos perfis profissionais que contribuem neste cenário.

Há muita discussão sobre o tamanho dos times, então vale considerar:

By Scrum: “O tamanho ideal do time de desenvolvimento é pequeno o suficiente para se manter ágil e grande o suficiente para completar um trabalho significativo dentro da Sprint”.

  • < 3 integrantes diminuem a interação e resultam em menor ganho de produtividade.
  • > 9 integrantes é exigida muita coordenação, geram muita complexidade para que um processo empírico seja útil.

Entre os principais motivos de manter os times com as dimensões citadas acima estão:
tamanho-time

Adicionalmente, o livro Desenvolvimento de software com Scrum (autor Mike Cohn), traz as seguintes relações de:

livro-desenvolvimento-software
  • Tamanho de equipe x produtividade por pessoa: a produtividade média por pessoa vai caindo em equipes maiores.
  • Tamanho de equipe x esforço do desenvolvimento total: e o esforço total para entregar um projeto de mesmo tamanho é menor em equipes menores.
tamanho-equipe-produtividade tamanho-equipe-esforco

Perfis Profissionais
O I-Shaped é o profissional com conhecimento aprofundado, mas em um único assunto (especialista). O T-Shaped é generalista e navega melhor em outras áreas. Já o E-Shaped é autossuficiente por possuir forte experiência em diversas áreas.

perfis-profissionais

E por isso, o perfil profissional E-shaped é geralmente recomendado para trabalhar com DevOps, pois trata-se de profissionais com alto potencial, capacidade de execução e experiência em diversas áreas.

perfis-profissionais-shaped