Disciplined Agile Delivery (DAD) vs Scrum vs SAFe

Já abordamos o Disciplined Agile Delivery (DAD) em posts anteriores, e um resumo de como está estruturado – em três fases: Inception, Construção e Transição. Os aspectos de arquitetura e design (Inception) e DevOps (Transição) são alguns dos pontos interessantes do DAD.

Também fornece mais flexibilidade nas recomendações do projeto, através dos melhores processos para cada tipo de projeto (dependendo do que será construído), ao invés de prover um plano prescritivo. O DAD possui quatro modelos de ciclo de vida: agile/basic, lean/advanced, continuous delivery, and exploratory.

Outros frameworks muito conhecidos e utilizados em agilidade são: o Scrum para desenvolver, entregar e manter produtos complexos e o SAFe (Scaled Agile Framework), que sincroniza o alinhamento, a colaboração e a entrega para um grande número de equipes.

Papeis

O DAD atribui o Team Lead como responsável por manter o time focado no cumprimento dos objetivos, remoção de impedimentos e a expertise em processos ágeis. Também inclui o Architecture Owner para decisões e prioridades técnicas. Os papeis secundários geralmente ocorrem em necessidade de escala.

DAD

Papeis primários
• Team Lead
• Product Owner
• Architecture Owner
• Team Member
• Stakeholders

Papeis secundários
• Independent Testers
• Specialists
• Domain  Expert
• Technical Expert
• Integrator

 

 

 

SAFe

Time
• Product Owner
• Scrum Master
• Time de desenvolvimento

Programa
• Product Management
• Release Train Engineer
• System Architect

Large Solution
• Solution Management
• Solution Train Engineer
• Solution Architect

Portfolio
• Lean Portfolio Management
• Epic Owners
• Enterprise Architect

Scrum

Time Scrum
• Product Owner
• Scrum Master
• Time de desenvolvimento

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Artefatos

Enquanto o Scrum possui artefatos direcionados ao time (backlog do produto e da sprint, burn down e incremento), o DAD e SAFe são mais abrangentes em relação a perspectiva do projeto.

DAD

• Business and Technology Roadmap
• Initial Requirements and Architectural Vision
• Iteration Backlog

 

 

 

 

SAFe

Portfolio
• Investment Themes
• Business and Architecture Epics
• Portfolio Backlog and Vision

Programa
• Product Roadmap
• Program Backlog
• Architecture Runway
• Business and Architecture Features

Time
• Team Backlog
• Team PSI Objective
• Sprint Goals

Scrum

• Product Backlog
• Sprint Backlog
• Gráfico Burn Down
• Incremento

 

 

 

 

 

 

 

Processos

Em processos, o Scrum também possui uma boa estrutura a nível de time, enquanto o DAD e SAFe são mais abrangentes, por considerarem custos, sincronização entre times e estratégia de priorização de projetos.

DAD

Inception
• Formação de time, visão comum, escopo inicial, estratégia técnica, de custos, riscos e release plan

Construction
• Desenvolver a Potentially Consumable Solution, endereçando necessidades dos stakeholders (e mudanças) considerando a qualidade e uso da arquitetura acordada

Transition   
Deploy e o uso da solução
• Melhorias nos processos, ambientes e infraestrutura

SAFe

Portfolio
• Temas estratégicos, épicos, portfólio e budget aos value streams

Large Solution
• Capabilities, Large Solution (Backlog e Kanban)
e Solution Planning / Demo

Programa
• Features, Program Backlog, WSJF, PI (Program Increment) – System Demos e Inspect and Adapt

Time
• User Stories, Team Backlog, Sprint Backlog e conduzir as Sprints

Scrum

•  User Stories, Sprint Backlog e Sprints (Planning, Daily, Review e Retro) e criação do incremento

 

 

 

 

 

 

 

Por fim, vimos acima uma breve explicação e comparação entre DAD, SAFe e Scrum, que podemos resumir da seguinte forma:

  • DAD: é híbrido entre os métodos existentes e fornece flexibilidade para usar várias abordagens. Considera aspectos de iniciação e implementação (full delivery lifecycle). É people-first, learning-oriented e Hybrid agile.
  • SAFe: é mais prescritivo e fornece uma estrutura em diferentes níveis (time, programa e portfólio) que pode facilitar a transição para uma estrutura ágil, além de ser aplicável a um grande número de times (ágil em larga escala).
  • Scrum: aplicável a times individuais, usado para gerenciar o trabalho em produtos complexos. Consiste de times Scrum associados a papéis, eventos, artefatos e regras.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s